O Museu de Geologia da UTAD, foi fundado em 1986 pelo Prof. Doutor Fernando Real, notável geólogo e Reitor da então recém-criada Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, tendo, para tal, contribuído os docentes do Departamento de Geologia.

Foi instalado, desde a sua criação, no edifício de Geociências. Este museu, de carácter científico, tem uma área aproximada de 250 m2 dedicada às exposições de longa duração, complementada com uma sala para exposições temporárias com cerca de 100 m2. As exposições de longa duração compreendem colecções de minerais, rochas e fósseis, maioritariamente do nosso país, cuja qualidade e beleza muito dignificam este espaço.

Iniciado com as colecções pessoais de minerais, rochas e fósseis do seu fundador e de outros simpatizantes, hoje, o Museu de Geologia possui de um valioso espólio de vários milhares de amostras de todo o mundo, onde as principais minas portuguesas estão representadas, através de maravilhosos exemplares de minerais e minérios.

O entusiasmo e a colaboração dos numerosos beneméritos tem sido crucial no desenvolvimento do Museu, através do enriquecimento das colecções de exemplares de minerais, rochas e fósseis e das numerosas sugestões.

O Museu de Geologia tem como objetivo primordial, criar um espaço vivo onde os alunos e visitantes, particularmente alunos e professores de todas as escolas da região, encontrem respostas às múltiplas questões relacionadas com as Ciências da Terra e o incentivo para a realização de trabalhos e projectos de pesquisa e “investigação” nos diversos domínios da Geologia. Constituem igualmente objetivos do Museu de Geologia promover a divulgação das ciências e dos recursos geológicos, a promoção científica, técnica e cultural da Universidade estimulando e propiciando a interacção com outros parceiros nos mais diversos domínios: científico, técnico e educacional.

 

Planta do Museu