Produto terapêutico biodegradável para tratamento de feridas em cães e gatos vence INOV@UTAD

O Projeto P4Regenera venceu o 1º Prémio do Concurso de Ideias de Negócio INOV@UTAD 2022, arrecadando os 3.000€ previstos e será a representante da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro na Final Nacional do Concurso de Ideias do UI-CAN no próximo dia 2 de junho na Covilhã, concorrendo com os vencedores de cada uma das seis Universidades do país que integram o consórcio.

RED0109

 

O P4Regenera traz-nos um produto terapêutico inovador, biodegradável, constituído por proteínas de alto valor biológico derivadas de plaquetas e leucócitos, que permite a regeneração eficiente de lesões cutâneas graves em cães e gatos. Este produto degrada-se na ferida, contribuindo para diminuição da pegada ecológica, no que diz respeito ao uso de antibióticos e antissépticos no tratamento das feridas.

“A solução é mais eficiente e mais económica, quer pelo preço do produto, quer por implicar menos visitas ao Veterinário, diminuindo a dor e aumentando o bem-estar dos animais. Uma vez que é biodegradável e não necessita de uso tópico de antibióticos, é também ecofrendly, contribuindo para a redução de resíduos hospitalares. “, referiu a Drª Carla Soares. “Mais do que cicatrizar, este produto regenera a pele dos animais”, acrescentou a Profª Maria dos Anjos Pires, que fez análise histopatológica das lesões tratadas.

Este Projeto dá resposta a um dos problemas mais frequentes na clínica de cães e gatos: a ocorrência de feridas, na maior parte cutâneas, que podem ter várias causas (ex.: acidentes de viação, quedas, mordidas, auto-traumas, etc). O mercado de cuidados de feridas em animais está em crescimento, de acordo com os mais recentes estudos de mercado, pelo que este produto se propõe a dar resposta a uma necessidade declarada, num mercado em franco crescimento (setor da medicina regenerativa veterinária). O produto proposto produzido pela empresa P4Regenera é o primeiro da geração pronto a usar, no que diz respeito a terapias veterinárias platelet-based. Este Produto permitirá o encerramento/cura de feridas em cães e gatos, mesmo as mais complicadas, contaminadas ou infetadas, estimulando e acelerando os mecanismos de regeneração tecidular, em vez de apenas cicatrizar. Para além disso, diminui a frequência de mudança de penso, contribuindo para a diminuição de lixo e desperdícios em contexto clínico, bem como reduz o uso de antibióticos no seu tratamento.

A equipa dos promotores da ideia, além da Dr.ª Carla Soares, doutoranda do CECAV/AL4AnimalS- UTAD integra ainda a Profª Maria dos Anjos Pires do Departamento de Ciências Veterinárias e do CECAV/AL4AnimalS- UTAD e o Prof. Pedro Carvalho, professor da Escola Universitária Vasco da Gama em Coimbra e CEO da Vetherapy.

No total concorreram 10 ideias de negócio, resultando em três projetos vencedores. O segundo prémio foi atribuído ao projeto “ClasDAC”, arrecadando 1.500€, acumulando ainda com o Prémio + Inovação e o terceiro classificado foi atribuído ao projeto “TRAPInspector” que arrecadou os 500€ de prémio.

O projeto “ClasDAC” pretende promover a prevenção da displexia da anca do cão, a doença mais comum podendo afetar mais de 50% dos animais em certas populações caninas, através de um software que faz a classificação automática de radiografias com algoritmos de Inteligência Artificial.

Já o terceiro classificado pretende promover a prevenção de pragas nas explorações agrícolas através de um sistema inteligente para contagem automática de insetos, nomeadamente a traça da uva, mosca da azeitona, cigarrinha verde, percevejo do arroz, entre outros.

O INOV@UTAD é um concurso de ideias de negócio que visa estimular o desenvolvimento de competências e atitudes empreendedoras em áreas diferenciadas, com enfoque no conhecimento, investigação e novas tecnologias, identificando e premiando ideias inovadoras às quais se perspetive a criação de negócios com elevado potencial de crescimento e impacto positivo na sociedade.

Os 10 projetos finalistas participarão num programa intensivo de orientação e aceleração (ChangeCamp) organizado pela UTAD, com vista à realização do plano de negócios e criação da empresa.

Estas iniciativas inserem-se no âmbito do projeto UI-CAN – Universidades como Interface para o Empreendedorismo que tem como missão promover o espírito empreendedor, mobilizando o conhecimento universitário para a criação de novas empresas que respondam aos desafios sociais, alinhando-se com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. O projeto UI-CAN é dinamizado pelos gabinetes de apoio ao empreendedorismo e transferência de tecnologia de sete universidades: Aveiro, Beira Interior, Coimbra, Évora, Minho, Porto e Trás-os-Montes e Alto Douro, sendo cofinanciado pelo COMPETE 2020, através do Fundo Social Europeu.

Cofinanciamento INOV@UTAD