cuidadospaliativossite 1

 

 Com candidaturas para o ano 2018/2019

APRESENTAÇÃO

O Curso de Pós-graduação em Cuidados Paliativos é uma formação pós-graduada destinada preferencialmente a profissionais da área da saúde, visando corresponder na região de Trás-os-Montes e Alto Douro às necessidades de formação identificadas e priorizadas pelo Plano Estratégico para o Desenvolvimento dos Cuidados Paliativos para o Biénio 2017/18 (Cf. Despacho nº14311-A/2016 do Gabinete do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, DR de 28.11.2016), na sequência da Lei de Bases dos Cuidados Paliativos (LBCP, Lei 52/2012).

Os Cuidados Paliativos (CP) definem-se como “cuidados ativos, coordenados e globais, prestados por unidades e equipas específicas, em internamento ou no domicílio, a doentes em situação de sofrimento decorrente de doença incurável ou grave, em fase avançada e progressiva, assim como às suas famílias, com o principal objectivo de promover o seu bem-estar e a sua qualidade de vida, através da prevenção e alívio do sofrimento físico, psicológico, social e espiritual, com base na identificação precoce e no tratamento rigoroso da dor e outros sintomas físicos, mas também psicossociais e espirituais.” (cf. LBCP, 2012)

Em ordem a corresponder a esta finalidade, a Pós-graduação em Cuidados Paliativos tem uma matriz interdisciplinar e estrutura-se em cinco eixos temáticos:

  1. Organização de Serviços;
  2. Abordagem paliativa do sofrimento físico e psicológico do doente;
  3. Suporte social e apoio à família;
  4. Competência ética;

Competências práticas integradas (incluindo Oficinas para treino de competências, Necessidades e Cuidados das equipas profissionais em Cuidados Paliativos e Estágio)

 

OBJETIVOS

  • Promover a formação multidisciplinar e interdisciplinar dos profissionais de saúde para a identificação precoce dos doentes com necessidades do foro paliativo e para a prestação de Cuidados Paliativos;
  • Suprir as necessidades de formação básica em CP generalistas dos profissionais de saúde em serviço na região (médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais)
  • Desenvolver nos profissionais de saúde competências práticas para a melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação de doença incurável ou grave em fase avançada ou progressiva;
  • Criar condições de formação que permitam dotar os profissionais e as equipas de Cuidados Paliativos de recursos psicossociais que lhes permitam prevenir o seu esgotamento e a exaustão dos cuidadores não formais;
  • Estimular o desenvolvimento pessoal e profissional dos diplomados da UTAD na área da Saúde e afins, numa perspectiva de educação/formação ao longo da vida;
  • Iniciar uma linha de investigação interdisciplinar em CP.

 

COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR

Espera-se que, no final do Curso, os formandos sejam capazes de:

– Conhecer os valores, princípios e organização dos cuidados paliativos em Portugal;
– Reconhecer a importância e especificidade de intervenção em cuidados paliativos nas diferentes etapas da vida e nas várias fases da doença;
– Desenvolver cooperativamente um plano assistencial de cuidados paliativos, em regime de internamento ou comunitário;
– Comunicar eficazmente com o doente e sua família nas diferentes fases da doença e no processo de luto;
– Conceber um plano assistencial de qualidade à pessoa com doença incurável ou grave, em fase avançada e progressiva, incluindo a sua família, diminuindo o seu sofrimento e promovendo a sua qualidade de vida;
– Analisar ética e criticamente as situações complexas inerentes à prática dos cuidados paliativos nas diferentes etapas da vida e nas várias fases da doença;
– Refletir sobre o seu percurso e aperfeiçoamento pessoal e profissional, apropriando-se ativamente desta formação e identificando problemas de investigação em Cuidados Paliativos.

 

DESTINATÁRIOS

– Médicos, Enfermeiros, Psicólogos, Assistentes Sociais e outros profissionais da área da Saúde a exercer funções em unidades de cuidados paliativos, equipas hospitalares, equipas comunitárias e equipas da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI);
– Capelães hospitalares e outros assistentes espirituais a exercer funções em unidades de saúde públicas e privadas;
– Outros profissionais de instituições públicas e privadas que prestam cuidados paliativos ou cuidados geriátricos, desde que cumpram com os pré-requisitos indicados;
– Voluntários e outros cuidadores não formais, desde que cumpram com os pré-requisitos indicados.

 

PRÉ-REQUISITOS / CONDIÇÕES DE ACESSO 

Podem frequentar esta pós-graduação os candidatos que correspondam a pelo menos uma das seguintes condições:

1. Tenham habilitação profissional numa das seguintes áreas: Medicina, Enfermagem, Psicologia, Serviço Social, Reabilitação Psico-motora, Fisioterapia, Teologia.
2. Sejam detentores do grau de licenciado com formação em áreas afins que demonstrem especial interesse e motivação para a formação em Cuidados Paliativos (nomeadamente através de carta de motivação).
NB: Para efeitos de seriação dos candidatos, será feita a ponderação curricular, de acordo com grelha de seriação <<Ver aqui>>.

 

CONDIÇÕES DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO

A pós-graduação em “Pós-graduação em cuidados paliativos” funcionará de acordo com o Regulamento Interno do Gabinete de Formação

 

COORDENADOR CIENTÍFICO 

Maria da Conceição Azevedo

 

CORPO DOCENTE

<<Ver>>

 

DURAÇÃO

HORAS TOTAIS : 1620
HORAS DE CONTACTO: 490

 

ECTS

60

 

NUMERUS CLAUSUS

Mínimo: 15
Máximo: 25

 

DATAS

Início: 12 de outubro de 2018
Final: 28 de Junho de 2019

 

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS/CRONOGRAMA – 2º SEMESTRE

<<Ver>>                                                     <<Cronograma  2º Semestre>>

 

HORÁRIO 

<<Ver>>

Às sexta-feiras: das 17:00h às 21.00h
Aos sábados: das 9:30h às 12:30h (manhã) ; das 14:30h às 18:30h

OBS: Poderá haver ajustamentos por necessidade de acolher as disponibilidades de alguns dos formadores.

 

CARTAZ

<<Ver>>

 

LOCAL

A pós-graduação em “em Cuidados Paliativos” realizar-se-á na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro,  no Auditório da Escola Superior de Saúde , com exceção do Estágio que decorrerá em instituições com as quais a UTAD tenha estabelecido protocolo para esse efeito.

 

EMOLUMENTO

– Taxa de Candidatura: 20€ (Não reembolsável).

– Propina anual do curso: 1.200€ (com a possibilidade de ser paga em 4 prestações, 600€ , ou 8 prestações 150€  (cada).

 

INSCRIÇÕES

Pós-graduação iniciou no dia 12 de outubro de 2018.

 

REGRAS DE INSCRIÇÃO

As candidaturas são formalizadas através do preenchimento da ficha de candidatura (on-line no link acima indicado) e da entrega dos seguintes documentos:

· Comprovativo de certificado de habilitações (no mínimo licenciatura);
· Comprovativo de pagamento original da taxa de candidatura;
por uma das seguintes formas:

· Presencialmente, nas instalações do Gabinete de Formação;
· Por e-mail – abelc@utad.pt;
· Por correio – Gabinete de Formação da UTAD, 500-801 Vila Real.
Só serão consideradas as candidaturas com os dados devidamente preenchidos e mediante a entrega dos documentos acima mencionados.
O pagamento pode ser efetuado por:

· Cheque à ordem da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro;
· Transferência Bancária – IBAN PT50 0018 000346205068020 22
Os formandos deverão fazer prova do pagamento devido (ex: talão de transferência bancária).
Após a fase de candidaturas os candidatos seriados, serão contactados e deverão efetuar o pagamento no prazo definido para formalizar a matrícula.