A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

Ciclo de Conferências Internacional ‘Educação nas Prisões – rumos e desafios’ (Acreditado pelo CCPFC)

Abril 19 @ 14:18

Banner 10

 

APRESENTAÇÃO

A Educação nas Prisões (EnP) consiste numa modalidade da Educação de Adultos caracterizada pela especificidade do contexto e público-alvo, realizada sob condições indeterminadas da prática e de alguma complexidade, por professores/formadores, que, não raramente, se confrontam com imperativos de segurança, escassez de recursos e de saberes adequados ao exercício da sua atividade.
Estes profissionais carecem não só de (in)formação contínua como aprofundada, sendo fundamental fomentar a discussão de práticas, de momentos de partilha e de debate sobre toda uma multiplicidade de matérias que confluem ao espaço prisional, promovendo propostas seguras e eficazes, com vista à preparação da população reclusa a uma mais profícua reinclusão no seio familiar, na sociedade e no mercado de trabalho – objetivo primacial da EnP.
Deste modo, propõe-se a Associação Portuguesa de Educação nas Prisões (APEnP), instituição sediada na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), conjuntamente com a Escola de Ciências Humanas e Sociais, trazerem ao debate especialistas a nível nacional e internacional e realizar o I Ciclo de Conferências Internacional – Rumos e Desafios, promovendo um espaço de aquisição e aperfeiçoamento de conhecimento, competências e de inovação educacional de professores/formadores, que fazem do contexto prisional o campo privilegiado a um desenvolvimento profissional.

 

OBJETIVOS

Com este Ciclo de Conferências objetiva-se contribuir para um olhar e ação transformadores de práticas educativas/formativas em meio prisional, de modo a:
. Proporcionar uma visão comparativa sobre modelos de Educação nas Prisões, em Portugal e a nível internacional;
. Promover um ciclo de formação, assente na partilha de ideias, práticas e reflexões, em que participam conferencistas de mérito, reconhecimento e excelência;
. Desenvolver um espaço de aprendizagem e partilha, assente numa lógica de reflexão e de procura de respostas adequadas aos desafios que se colocam aos docentes em meio prisional;
. Potenciar capacidades de análise e problematização de experiências dos profissionais da educação em formação;
. Permitir a professores/formadores uma avaliação mais ampla sobre necessidades de aquisição e desenvolvimento de competências dos alunos/formandos;
. Divulgar a apresentação de trabalhos científicos e/ou projetos desenvolvidos no campo do ensino em meio prisional, visando o aprofundamento do conhecimento e partilha de boas práticas neste domínio;
. Promover uma cultura de formação e atualização permanente da praxis docente em ambiente prisional;
. Analisar/discutir programas de educação e formação escolar/profissional e refletir sobre os seus efeitos, em termos de reinserção na sociedade e mercado de trabalho.

 

DESTINATÁRIOS

Esta ação destina-se a docentes de todos os grupos disciplinares dos Ensino Básico e/ou Secundário, a lecionar em Estabelecimentos Prisionais (EPs).

De igual modo, dirige-se a todos quantos, pese embora não exerçam atividade letiva num EP, o tenham já feito ou venham a fazer no futuro, sobretudo, docentes pertencentes a escolas destes associadas.

 

RESPONSÁVEL CIENTÍFICO

Armando Loureiro – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro | APEnP (Portugal)

 

ACREDITAÇÃO DA AÇÃO

Ciclo de Conferencias lnternacional ‘Educação nas Prisões – rumos e desafios’
N° de horas de formação acreditadas: 25
Registo de acreditação: CCPFC/ACC-111714/21 <<Ver>>
Prazo de validade para efeitos de início da ação: ate 01 de abril de 2024

 

CONTEÚDOS DA AÇÃO

Painel 1 – Educação nas Prisões: Portugal e o contexto Europeu

Resenha histórica sobre modelos/sistemas de educação e formação profissional que têm vigorado em meio prisional a nível nacional e internacional, convidando a uma análise comparada e reflexão conjuntas sobre o atual paradigma da Educação nas Prisões.

Painel 2 – Educação e Formação de Adultos (em meio prisional)

Este painel será dividido em 2 partes:

A 1ª Parte será dedicada ao macrotema ‘Educação e Formação de Adultos’ e concentrará em si princípios e conceptualizações epistemológicas que configuram a EFA, num quadro de (re)definição de metodologias e de estratégias de ensino, propondo um enfoque interdisciplinar a partir de, entre outras, as perspetivas progressista, andragógica, humanista, conscientizadora, transformativa.

Na 2ª Parte serão discutidas propostas de (re)configuração dos respetivos enquadramentos conceptuais que concretizam a ‘EFA’ em contexto prisional, tendo por base a apresentação e discussão de programas de educação e formação em curso.

Painel 3 – Trabalhos de Investigação e Projetos em meio prisional

Este painel compreende a apresentação de projetos e/ou trabalhos de investigação, objetivando o aprofundamento do conhecimento e desenvolvimento de competências relativas à temática prisional, por via da apresentação de propostas de abordagem, metodologias e estratégias de intervenção educativa em meio prisional, para além da reflexão e da partilha de experiências neste domínio.

Painel 4 – Reinserção

O painel servirá o propósito de desmistificar a ideia de ‘estereótipo social’, de total confinamento e de abandono generalizado a que o sujeito institucionalizado se encontra votado, objetivando criar um espaço alargado de reflexão, de discussão de programas e de políticas nesta área, onde a Educação desempenha papel vital, na apresentação de boas práticas de reinserção na sociedade e no mercado de trabalho.

 

METOLOGIA  DA REALIZAÇÃO DA AÇÃO

O CCI, subordinado à temática, ‘Educação nas Prisões – rumos e desafios’, compreenderá uma função global de partilha de experiências, saberes, e ainda de aquisição/desenvolvimento de conhecimentos e competências dos participantes, visando a promoção da autoformação e da inovação educacional (em contexto prisional). Decorrerá em 4 sessões (em regime síncrono e assíncrono, este último somente para professores portugueses, perfazendo um total de 25 horas. O CCI inclui uma sessão introdutória, de modo a, entre outras finalidades, familiarizar os participantes com a explicitação dos objetivos, conteúdos, metodologias de realização e critérios de avaliação (este último destinado a professores portugueses). Nas sessões síncronas, os oradores apresentarão comunicações sobre os temas de cada sessão. Nos momentos de debate, será promovida a interação e discussão de ideias, conceções e perspetivas entre participantes e oradores, o que permitirá a criação de situações de reflexão e partilha de conhecimento, de experiências e de boas práticas. Nas sessões assíncronas (só para professores portugueses) serão produzidos (curtos) trabalhos de reflexão crítica sobre a(s) temática(s) apresentada(s) e discutida(s) em cada painel.

 

REGIME DE AVALIAÇÃO

Serão utilizados os parâmetros de avaliação estabelecidos (tabela de 1 a 10 valores, com menção qualitativa) e respeitados todos os dispositivos legais da avaliação contínua, conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, a saber:

– Participação (dinâmica e qualidade das intervenções): 40%

– Produção de trabalhos: 60% (20% para os trabalhos produzidos nas sessões assíncronas + 40% para o relatório final de reflexão crítica)

– Assiduidade (frequência mínima de 2/3 do total de horas da ação).

 

PROGRAMA            CARTAZ

<<Ver>>                       <<Ver>>

 

HORÁRIO/DATA

Regime síncrono:
Total: 09 horas, 09.04.2022 –  13.04.202223.04.2022  – 30.04.2022
09:30h – 12:00h09:30h11:30h09:30h11:30h09:30h12:00h

Regime assíncrono: a)
Total: 16 horas, 09.04.2022 – 13.04.2022-  23.04.2022-  30.04.2022
14:00h – 18:00h | 14:00h – 18:00h |  14:00h – 18:00h | 14:00h – 18:00h

a) Somente para professores portugueses.

 

LOCAL

A ação decorrerá em regime de eLearning num total de 25 horas.

 

NUMERUS CLAUSUS

N.º MÍNIMO E N.º MÁXIMO DE ADMITIDOS: 30-100

 

ENTIDADES ENVOLVIDAS

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (ECHS/DEP)

Associação Portuguesa de Educação nas Prisões

 

EMOLUMENTO

25 € 

 

INSCRIÇÕES

<<Inscrições encerradas>>

 

REGRAS DE INSCRIÇÃO

As inscrições são formalizadas através do preenchimento On-line do formulário de inscrição e envio da digitalização do seu comprovativo de pagamento por uma das seguintes formas:

− Presencialmente, nas instalações do Núcleo de Formação Contínua e Executiva;

− Por e-mailxazevedo@utadpt ;

Por correio – UTAD – Núcleo de Formação Contínua e Executiva, Quinta de Prados, 5000-801 Vila Real.

Só serão consideradas inscrições completas (com os requisitos todos), ou seja, com a inscrição “on line” com os dados devidamente preenchidos, com a documentação previamente enviada, incluindo comprovativo de pagamento do curso (ex: talão de transferência bancária).

O pagamento pode ser efetuado por:

Cheque à ordem da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Transferência Bancária – IBAN PT50 0018 000346205068020 22

Os formandos deverão fazer prova do pagamento devido (ex: talão de transferência bancária).

NOTA: POR FAVOR INDICAR O TITULAR DA CONTA BANCÁRIA (QUANDO NÃO FOR A PRÓPRIA OU O PRÓPRIO).

Detalhes

Data:
Abril 19
Hora:
14:18
Categoria de Evento: