A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

Geologia e Geodiversidade no Distrito de Bragança

Junho 1 @ 0:00

Baner bargança

 

APRESENTAÇÃO

O Distrito de Bragança é por excelência o melhor mosaico geológico do país, podendo encontrar rochas de crusta continental, crusta oceânica e manto! A geodiversidade é grande, e no caso das rochas ígneas plutónicas varia de ácidas a ultrabásicas. Nas rochas metamórficas encontram-se xistos diversos, quartzitos, corneanas, mármores, gneisses, migmatitos, metavulcanitos, anfibolitos, granulitos, serpentinitos, etc. Também nas rochas sedimentares podemos encontrar rochas de natureza diferente, cascalheiras, terraços fluviais, arcoses, conglomerados, arenitos, argilas, calcários, etc. Nestas litologias podem observar-se diversas estruturas geológicas: estratificação, foliação, xistosidade, crenulações, lineações, dobras, falhas, cisalhamentos, carreamentos, etc.

Assim, em percursos de campo selecionados, percorre-se grande parte da região observando in situ toda esta geodiversidade. É importante sensibilizar os docentes para a importância do trabalho de campo numa perspetiva de ensino integrado da Ciência, decorrente do estudo da interação de processos físicos e químicos e prepará-los para orientarem com segurança e eficácia uma aula de campo. Igualmente importante é aprender a fazer a recolha de amostras, visando o posterior estudo na sala de aula e ou laboratório.

 

OBJETIVOS

Recolher amostras de rochas e minerais para coleções pessoais e de escolas;

Relacionar a paisagem com a geologia da região a visitar;

Entender como a geomorfologia é uma marca direta da geologia;

Relacionar o traçado do rio Douro e seus afluentes com a geologia;

Identificar estruturas geológicas importantes, sobretudo as responsáveis pelas serras de Bornes- Nogueira, Penedo Durão, arribas do Douro, Monte de Morais, Depressão da Vilariça.

 

DESTINATÁRIOS

Para os efeitos previstos no n° 1 do artigo 8°, do Regime Jurídico da Formação Continua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Grupos 230, 420 e 520.

Para efeitos de aplicação do artigo 9º do Regime Jurídico da Formação Continua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para a progressão em carreira de Professores dos Grupos 230, 420 e 520.

 

MODALIDADE DE FORMAÇÃO

Curso de formação

 

COORDENAÇÃO CIENTÍFICA

Prof. Maria Elisa Preto Gomes

 

METODOLOGIAS DE REALIZAÇÃO DA AÇÃO

2*3h – Realização de 1 seminário, com apresentação dos temas teóricos

(2x8h ) – Visita de estudo com sessões teórico-práticas com apresentação de  conceitos e observação de rochas e estruturas tectónicas.

3h – Avaliação final e apresentação oral dos trabalhos individuais dos formandos “A minha visita preferida”.

 

CONDIÇÕES DE AVALIAÇÃO

A avaliação será realizada sob a forma de poster e apresentação oral de um trabalho individual formandos “A minha visita preferida”, com classificação ente 0 e 10 valores

Para a obtenção do certificado é necessário que os formandos assistam a pelo menos 2/3 da duração do curso.

 

CARGA HORÁRIA

25 horas

Registo de acreditação da ação CCPFC/ACC-105726/19

 

FORMADORES

Ao-Alcino Oliveira, Eg- Elisa Gomes, Jb- João Baptista, Ls-Luís Sousa, Nv- Nuno Vaz, Rt-Rui Teixeira

 

CONTEÚDOS DA AÇÃO

Conceitos básicos de estratigrafia e tempo geológico;

A Constituição da litosfera e a Tectónica de Placas

Estrutura, textura e mineralogia das várias rochas ígneas, sedimentares e metamórficas;

Conceitos de orogenia e ciclo de Wilson, associados à Orogenia Varisca

Recursos geológicos na região de Bragança, passado presente e futuro

Património geológico e geodiversidade no nordeste transmontano;

Visitas de campo aos seguintes locais:

Geoparque Terras de Cavaleiros- maciço de Morais e Bragança

Arribas do Douro- migmatitos, granitoides e encaixe do vale do Douro, Penedo Durão

Centro Interpretativo das Minas de Argozelo e minas de volfrâmio e estanho da Ribeira e Argozelo, Museu do Ferro de Torre de Moncorvo

Carrazeda e Falha da Vilariça

Realizar atividades práticas concretas, que sensibilizem, motivem e envolvam professores e alunos, permitindo a utilização de materiais recolhidos durante o curso, numa aprendizagem pela experimentação, de uma forma lúdico-didática. Pequenas experiências.

 

CARTAZ

<<Ver>>

 

EMOLUMENTO

75€

 

CRONOGRAMA

<<Ver>>

 

INSCRIÇÕES

<<INSCRIÇÕES ON LINE>>

 

REGRAS DE INSCRIÇÃO

As candidaturas são formalizadas através do preenchimento da ficha de candidatura (on-line no link acima indicado) e da entrega dos seguintes documentos:

· Comprovativo de pagamento original do emolumento;
por uma das seguintes formas:

· Presencialmente, nas instalações do Gabinete de Formação;
· Por e-mail xazevedo@utad.pt
· Por correio – Gabinete de Formação da UTAD, 500-801 Vila Real.

Só serão consideradas as candidaturas com os dados devidamente preenchidos e mediante a entrega dos documentos acima mencionados.

O pagamento pode ser efetuado por:

· Cheque à ordem da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro;
· Transferência Bancária – IBAN PT50 0018 000346205068020 22
. BIC SWIFT – TOTAPTPL

Nota: É favor indicar o titular da conta bancária (quando não for a própria ou o próprio).

Os formandos deverão fazer prova do pagamento devido (ex: talão de transferência bancária).

Nota: É favor indicar o titular da conta bancária (quando não for a própria ou o próprio).

Detalhes

Data:
Junho 1
Hora:
0:00
Categoria de Evento: