Designação do projeto | IPAVPSI – Impacto de um programa de auxílio e vigilância do plano terapêutico apoiado por uma rede de sensores, na promoção da saúde do idoso dependente no domicílio

Código do projeto | NORTE-01-0145-FEDER-023428 e SAICT-POL/23428/2016

Objetivo principal | Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

 Entidade Promotora | Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

 Entidade Parceira | SERNIS – Formação e Soluções Tecnológicas, Lda.

 Data de início | 01 de Dezembro de 2018

 Data de conclusão | 31 de Maio de 2020

 Custo total elegível | 141.348,52 €

 Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 118.037,19 €

 Descrição | O envelhecimento da população e a crescente longevidade são uma realidade desafiadora para os cuidados de saúde atuais, trazendo maior dependência e necessidade de cuidados contínuos, muitas vezes deixados para os cuidadores informais. O cuidado informal ao idoso dependente ocorre nas residências, uma vez que a pessoa é parte de sua rede social de apoio informal. A prestação de cuidados requer organização e esforço do idoso e do cuidador, sendo habitual que o cuidador encontre dificuldades na execução dos planos terapêuticos estabelecido pela equipa de saúde, particularmente na administração de terapêuticas, cumprindo um plano de mobilização (posicionamentos e elevações). A aplicação da tecnologia na área de saúde vem despertando a atenção da engenharia há muito tempo em apoio às práticas de terapia de recuperação e manutenção da saúde. Nesse sentido, a criação de sistemas de apoio para observar o cumprimento do plano terapêutico, auxiliar os profissionais de saúde e os prestadores de cuidados informais na assistência a idosos dependentes pode ser um valor agregado.

 

FCT 1