A maioria da castanha portuguesa tem como destino o mercado nacional e internacional do fresco. Em termos médios, a castanha chega aos operadores com cerca de 15 a 30% de castanha bichada, dependendo das condições climáticas do ano e do maneio do souto. Esta perda pode representar cerca de 10 000 t de castanha (cerca…

Ler mais ValorCast

Pretende-se contribuir para o incremento da qualidade, competitividade económica do setor e sustentabilidade, através da correta avaliação do risco de pragas e doenças e subsequente tomada de decisão. Valor Elegível – 48 454,77 € Comparticipação – 36 341,08 € Valor Próprio – 12 113,69 €  

Ler mais Estratégias de proteção fitossanitária para a produção sustentável da maçã

A iniciativa foca-se na gestão do solo e da água em quatro espécies produtoras de frutos secos, castanheiro, amendoeira, aveleira e nogueira. Prevê a instalação de campos experimentais com cobertos vegetais, fertilização e/ou rega, com vista a aumentar a sustentabilidade dos sistemas de produção, incrementar o desempenho das árvores e preparar o setor para o…

Ler mais EGIS: Estratégias para uma gestão integrada do solo e da água em espécies produtoras de frutos secos

A natureza fragmentária da distribuição do castanheiro na Europa originou uma estrutura complexa, dada a existência de inúmeras variedades nos países produtores. Este programa visa a prospeção, caracterização e registo de 50 genótipos/ variedades diferentes das atualmente inscritas no CNVF. Para caracterização morfológica serão utilizados os descritores UPOV e será feita avaliação de caracteres agronómicos…

Ler mais Prospeção, Caracterização e Conservação de Variedades Nativas de Castanheiros de Fruto do Norte e Centro de Portugal-GenCast

Alicerçado num conhecimento maturado no domínio da eficiência no uso de recursos e bioeconomia, e nos conhecimentos mais recentes a nível internacional, a CONFAGRI o ISQ, a UTAD e as Cooperativas AGROS, LACTICOOP e PROLEITE, empreendem um conjunto de ações de capacitação e mobilização das explorações leiteiras para a eficiência no uso de recursos e…

Ler mais Parceria milkEE

O projeto “A aplicação de Políticas de Desenvolvimento Rural na Região Douro Verde – Estudo de Caso” encontra-se estruturado com o objetivo de dar a conhecer o real impacto da implementação de políticas de desenvolvimento rural no território “Douro Verde” – área geográfica restrita aos concelhos de Amarante, Baião, Cinfães, Marco de Canaveses, Penafiel e…

Ler mais Douro Verde – Caso de Estudo

O Grupo Operacional Matas Privadas (abreviadamente designado goMAP) nasce com a missão de agregar, organizar e tornar disponíveis saberes, técnicas, práticas e processos facilitadores da eficiência técnica e económica da gestão florestal integrada (nas suas várias componentes) e dos seus aportes ao ecossistema, agregando os parceiros e criando novos meios operacionais ajustados, que se tornem…

Ler mais Florestação de Terras Agrícolas com Mais Silvicultura, Inovação e Valor (FTA+siv)

A criação de pequenos ruminantes nas regiões de montanha está assente num sistema tradicional de produção baseado no pastoreio extensivo e na utilização direta dos recursos naturais existentes. Neste sistema, revestem-se de particular importância as infeções por parasitas gastrointestinais e pulmonares, pois são consideradas a principal causa patológica de perdas de produção na criação de…

Ler mais Pequenos Ruminantes no Douro Verde

O pomar de cerejeira nacional apresenta forte implantação na região de Trás-os-Montes, em especial no concelho de Resende o qual garante cerca de 30% da produção nacional. A Cereja de Resende é associada a uma qualidade superior e a um sabor caraterístico resultante das condições edafo-climáticas da região, tendo uma elevada procura no mercado nacional.…

Ler mais Grupo Operacional para a valorização económica e comercialização da Cereja de Resende

Os novos desafios para o souto no contexto de alterações climáticas. O potencial económico e a estratégia de desenvolvimento da Fileira da Castanha em Portugal enfrenta várias dificuldades resultantes da variabilidade e das alterações climáticas. A produção da castanha é fortemente condicionada pelas condições meteorológicas médias e extremas verificadas durante todo o seu ciclo anual.…

Ler mais ClimCast