Essencial do projeto | S.I.L.V.HER (Safeguarding Intangible and culturaL Values and HERitage). Erasmus+. KA2 project no. 2018-1-IT02-KA203-048412. Main objectives: design a blended course on digital cultural heritage; develop local projects for the digital valorization of cultural heritage; international workshops for max. 10 participants from each country.   Designação do projeto | Project S.I.L.V.HER (Safeguarding…

Ler mais S.I.L.V.HER – Safeguarding Intangible and culturaL Values and HERitage

Estão abertas as candidaturas para o programa UPGRADE@UTAD, integrado na Ação Test.Norte do projeto UNorte Inova, este programa visa financiar provas de conceito. Os interessados podem candidatar-se sendo que o período de candidaturas decorre em continuo até ao dia 14 de setembro, sendo que se manterá em aberto até se esgotar a verba prevista para…

Ler mais Candidaturas UPGRADE@UTAD

  No sentido de englobar as Universidades do Norte do País num projeto que responda à necessidade de criação de um plano de ação que vise atuar no reforço de transferência de conhecimento científico e tecnológico para o sector empresarial, nasce a UNorte Inova, um projeto que promove uma maior eficácia no Sistema de ID&I…

Ler mais UNorte Inova

Designação do projeto | DOUROTUR – Turismo e Inovação Tecnológica no Douro Código do projeto | NORTE – 01 – 0145 – FEDER – 000014 Objetivo principal| Turismo & Desenvolvimento Região de intervenção |Douro Entidade beneficiária | Universidade de Trás- os -Montes e Alto Douro Data de aprovação | 30-05-2016 Data de início | 01-05-2016…

Ler mais DOUROTUR – TURISMO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NO DOURO

  Designação do projeto | Plataforma de Inovação da Vinha e do Vinho – INNOVINE & WINE Código do projeto | NORTE – 01-0145-FEDER-000038 Objetivo principal| Vinha e  Vinho Região de intervenção |Norte Entidade beneficiária | Universidade de Trás- os – Montes e Alto Douro Data de aprovação | 23-03-2016 Data de início | 01-04-2016…

Ler mais Plataforma de Inovação da Vinha e do Vinho – INNOVINE & WINE

Designação do projeto | INTERACT – Integrative Research in Environment, Agro-Chains and Technology Código do projeto | NORTE – 01-0145-FEDER-000017 Objetivo principal| oportunidades e o potencial produtivo com base na economia local, particularmente no domínio dos recursos agroalimentares assentes na produção animal (carne e leite), vegetais, frutas, azeitonas, nozes, vinho, floresta e flora nativa, e…

Ler mais INTERACT – Integrative Research in Environment, Agro-Chains and Technology

Designação do projeto | TERR@ENO – Terroir e zonagem agro-ecológica como fator crítico de competitividade e inovação dos Vinhos Verdes Código do projeto | NORTE – 02-0853-FEDER-000113 Objetivo principal| Qualificação e inovação das PME Região de intervenção | Sub-regiões de Monção e Melgaço e do Lima Entidade beneficiária | Universidade de Trás- os -Montes e…

Ler mais TERR@ENO – Terroir e zonagem agro-ecológica como fator crítico de competitividade e inovação dos Vinhos Verdes

Designação do projeto | ADD VALUE BY ECOVALORIZATION – ECO@UTAD Código do projeto | NORTE – 02-0853-FEDER-000108 Objetivo principal| Qualificação e inovação das PME Região de intervenção | Douro Entidade beneficiária | Universidade de Trás- os -Montes e Alto Douro Data de aprovação | 06-04-2017 Data de início | 01-05-2019 Data de conclusão | 30-04-2019…

Ler mais ADD VALUE BY ECOVALORIZATION – ECO@UTAD

Este projeto propõe-se desenhar protocolos de imunocastração específicos para os animais de raça suina Bísara, que permitam manteros animais em regime de supressão de atividade reprodutiva por períodos prolongados de tempo (que não são possíveis com o regime de administração desenvolvido para a produção industrial de procos). Será ainda analizada a qualidade da matéria prima…

Ler mais ICas_Bísaro – Protocolos de Imunocastração para porcos Bísaros

A maioria da castanha portuguesa tem como destino o mercado nacional e internacional do fresco. Em termos médios, a castanha chega aos operadores com cerca de 15 a 30% de castanha bichada, dependendo das condições climáticas do ano e do maneio do souto. Esta perda pode representar cerca de 10 000 t de castanha (cerca…

Ler mais ValorCast