Grau Académico
Licenciado (pós-Bolonha)
Objetivos
Com a adopção do novo plano de estudos, adequado a Bolonha, a Licenciatura em Serviço Social pretende
(1) proporcionar uma formação inicial de qualidade aos futuros Assistentes Sociais e técnicos de intervenção social, dotando-os com as competências e conhecimentos necessários para o desempenho de funções profissionais em diversos sectores; e
(2) proporcionar aos seus licenciados os conhecimentos científicos, a capacidade analítica e as competências de trabalho para, eventual-mente, prosseguirem estudos num curso de 2º ciclo (mestrado).
Área CNAEF
Trabalho Social e Orientação
(762) Portaria n.º 256/2005
Plano de Estudos/Diário da República
Horário
Semanal: Diurno
Duração
7 semestres
ECTS
210
Saídas Profissionais
O licenciado em Serviço Social terá competências para trabalhar:
- nos serviços e organizações do sector público central , nas esferas de segurança social, saúde, ensino, justiça e reinserção social;
- nos serviços e organizações do sector público local, nas câmaras e juntas de freguesia e outras organizações do poder local e regional;
- nas ONG do sector não lucrativo ao serviço das populações com necessidades especiais (por exemplo, idosos, crianças desprovidas do meio familiar, indivíduos/ grupos com deficiências físicas ou de desenvolvimento, pessoas a transitar das instituições psiquiátricas, doentes em regime de ambulatório e indivíduos em processo de alta clinica sem retaguarda familiar, vítimas de violência ou maus- tratos, indivíduos que sofrem de doenças crónicas, indivíduos em processo de reabilitação de dependências, sem abrigo, seropositivos etc.);
- nas organizações de defesa dos direitos das mulheres, das crianças e dos adolescentes, dos imigrantes e das minorias étnicas, das;
- nas organizações de intervenção comunitária ao serviço dos territórios e comunidades com problemas de coesão social e territorial
- nas organizações dedicadas à investigação social e à formação.
Perfil do Diplomado
O Assistente Social trabalha em organizações públicas, privadas ou sem fins lucrativos, dedicadas à implementação de programas, projetos e ações de cariz social. Funciona como membro de uma equipa multidisciplinar, colabora muitas vezes em parcerias multi-institucionais, e interage com um ou vários grupos de risco. Nas suas atividades quotidianas, o Assistente Social:
- Investiga, explica e intervém em problemas sociais;
- Intervêm em situações de risco;
- Intervêm em situações de promoção, proteção e desenvolvimento;
- Concebe e gere projetos de vida / projetos de intervenção social;
- Aplica políticas e programas sociais;
- Elabora propostas e fundamenta a criação de novos
recursos;
- Implementa ações de suporte social;
- Procede acompanhamento social individualizado;
- Assume a Direção técnica de ONG;
- Avalia e reflete sobre a sua prática profissional.
Entidades onde Exercer
A Licenciatura em Serviço Social prevê um leque alargado de opções profissionais, tanto nas entidades públicas e privadas, como nas de organizações sem fins lucrativos, a todos os níveis – local, regional, nacional, comunitário e internacional.
Código DGES
9238 (ver mais informações)
Vagas
44
Condições de Acesso
Preferência Regional:
não aplicável

Pré-requisitos:
não exigidos
Provas de Ingresso
Uma das seguintes provas: 04 Economia; 09 Geografia; 18 Português
Nota Mínima
Provas de ingresso: 95 (escala de 0-200)
Nota de candidatura: 95 (escala de 0-200)
Nota do Último Aluno Colocado na 1ª Fase
2018: 132,2
2017: 131,6
Cálculo da Nota de Acesso
Média do Secundário: 65%
Provas de Ingresso: 35%
Data da Decisão
20-10-2014
Deliberação da A3ES
Data do Registo
18-03-2011
Validade
20-10-2020