Grau Académico
Mestre
Objetivos
1. O Mestrado em Engenharia Mecânica da UTAD visa a formação de diplomados com capacidade e responsabilidade de intervenção a todos os níveis de atos de engenharia, incluindo a conceção, o planeamento, a gestão e a execução de soluções tendo como objeto de trabalho a Engenharia Mecânica.
Os diplomados deverão possuir uma visão integrada dos conhecimentos, de modo a abarcar os aspetos tecnológicos, científicos e socioeconómicos inerentes a esta área. As competências adquiridas deverão satisfazer as exigências do tecido empresarial, podendo ainda ser dirigidas para atividades de investigação.
2. Pretende-se que os futuros Mestres em Engenharia Mecânica adquiram as seguintes competências específicas para o exercício da atividade profissional e da cidadania:
a) Capacidade de conceção, projeto, execução e manutenção de máquinas e suas componentes;
b) Capacidade de conceção, projeto, execução e manutenção de estruturas, como reservatórios de pressão, tubagens e outras instalações industriais;
c) Capacidade de conceção, execução e manutenção de instalações energéticas, incluindo de climatização de edifícios, de refrigeração e de energias renováveis;
d) Utilização das competências técnico-científica e conhecimentos na resolução de uma grande variedade de problemas, de uma forma integrada e racional;
e) Implementação de estratégias de natureza tecnológica que se traduzam na promoção do desenvolvimento sustentável;
f) Reconhecer a necessidade da experimentação e serem capazes de projetar, realizar e interpretar os resultados de um programa experimental;
g) Comunicar de um modo eficiente o conteúdo e a importância do seu trabalho a uma grande variedade de audiências e através de diversos meios de comunicação;
h) Participar em equipas multidisciplinares, com elevado grau de integridade pessoal e ética profissional;
i) Saber aplicar os conhecimentos adquiridos, de forma a evidenciar uma abordagem profissional na área da Engenharia Mecânica;
j) Competências no plano da pesquisa e do desenvolvimento, que vão desde a pesquisa de literatura da especialidade, o delineamento e desenvolvimento de experiências, a interpretação e discussão de resultados, até à utilização de modelos e o recurso à simulação;
k) Desenvolvimento de um conjunto de competências de carácter transversal, designadamente ao nível da inovação, da gestão e do trabalho em equipas multidisciplinares. 1. O Mestrado em Engenharia Mecânica da UTAD visa a formação de diplomados com capacidade e responsabilidade de intervenção a todos os níveis de atos de engenharia, incluindo a conceção, o planeamento, a gestão e a execução de soluções tendo como objeto de trabalho a Engenharia Mecânica.
Os diplomados deverão possuir uma visão integrada dos conhecimentos, de modo a abarcar os aspetos tecnológicos, científicos e socioeconómicos inerentes a esta área. As competências adquiridas deverão satisfazer as exigências do tecido empresarial, podendo ainda ser dirigidas para atividades de investigação.
2. Pretende-se que os futuros Mestres em Engenharia Mecânica adquiram as seguintes competências específicas para o exercício da atividade profissional e da cidadania:
a) Capacidade de conceção, projeto, execução e manutenção de máquinas e suas componentes;
b) Capacidade de conceção, projeto, execução e manutenção de estruturas, como reservatórios de pressão, tubagens e outras instalações industriais;
c) Capacidade de conceção, execução e manutenção de instalações energéticas, incluindo de climatização de edifícios, de refrigeração e de energias renováveis;
d) Utilização das competências técnico-científica e conhecimentos na resolução de uma grande variedade de problemas, de uma forma integrada e racional;
e) Implementação de estratégias de natureza tecnológica que se traduzam na promoção do desenvolvimento sustentável;
f) Reconhecer a necessidade da experimentação e serem capazes de projetar, realizar e interpretar os resultados de um programa experimental;
g) Comunicar de um modo eficiente o conteúdo e a importância do seu trabalho a uma grande variedade de audiências e através de diversos meios de comunicação;
h) Participar em equipas multidisciplinares, com elevado grau de integridade pessoal e ética profissional;
i) Saber aplicar os conhecimentos adquiridos, de forma a evidenciar uma abordagem profissional na área da Engenharia Mecânica;
j) Competências no plano da pesquisa e do desenvolvimento, que vão desde a pesquisa de literatura da especialidade, o delineamento e desenvolvimento de experiências, a interpretação e discussão de resultados, até à utilização de modelos e o recurso à simulação;
k) Desenvolvimento de um conjunto de competências de carácter transversal, designadamente ao nível da inovação, da gestão e do trabalho em equipas multidisciplinares.
Área CNAEF
Metalurgia e Metalomecânica
(521) Portaria n.º 256/2005
Horário
Horário Semanal: Condensado em 5 dias/semanaCalendário Letivo: Setembro a Junho
Duração
2 anos
ECTS
120
Saídas Profissionais
Dada a amplitude do perfil de formação proposto, os futuros diplomados poderão aplicar as suas competências profissionais em vários sectores de atividade:
a) Empresas de fabricação de equipamentos e de bens de consumo, nomeadamente no domínio dos equipamentos mecânicos e térmicos;
b) Empresas de produção e distribuição de energia, e empresas de climatização;
c) Empresas fornecedoras de serviços, nomeadamente ao nível da avaliação de projetos e de consultoria;
d) Laboratórios e instituições de investigação, de desenvolvimento e inovação industrial;
e) Organismos da administração central e local.
Os futuros diplomados poderão ainda seguir os seus estudos num terceiro ciclo de formação, conducente ao grau de doutor.
Código DGES
6361
Condições de Acesso
- Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal na área da Engenharia Mecânica ou afins;
- Titulares de grau académico superior estrangeiro, resultante de 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha na área da Engenharia Mecânica ou afins;
- Detentores de currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização do ciclo de estudos;
- Titulares de grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado.
Critérios de Seleção e Seriação
- Classificação da habilitação de acesso;
- Currículo científico;
- Currículo profissional;
- Os candidatos podem ser submetidos a entrevista para seleção e seriação.
Data da Decisão
08-06-2015
Deliberação da A3ES
Data do Registo
18-03-2011
Validade
08-06-2021