Grau Académico
Licenciado (pós-Bolonha)
Objetivos
O curso de licenciatura em Engenharia Informática é um curso de 1.º ciclo (180 ECTS) que se desenvolve em seis semestres lectivos, visando a formação de técnicos com capacidades, conhecimentos e competências para o mercado de trabalho, com formação específica em diversas subáreas da engenharia informática. Tem por objectivos específicos:
- Preparar técnicos com sólida formação de engenharia, com competências para o mercado de emprego e capacidade de iniciativa empresarial;
- Contribuir para a difusão da Sociedade da Informação, com o consequente aumento de bem-estar e de riqueza daí esperados;
- Contribuir para a modernização do país e da região, ao disponibilizar formação numa área carenciada de oferta de formação qualificada;
- Contribuir para a fixação de quadros qualificados no Interior Norte do país;
- Contribuir para a afirmação da UTAD na área tecnológica, ao explorar sinergias com outras iniciativas em curso e a lançar.
Área CNAEF
Electrónica e Automação
(523) Portaria n.º 256/2005
Horário
Semanal: Diurno
Duração
6 semestres
ECTS
180
Saídas Profissionais
O curso visa formação de técnicos com capacidades, conhecimentos e competências para o mercado de trabalho, com formação específica em diversas subáreas da informática.
Tem por objetivos específicos:
- Preparar técnicos com sólida formação de engenharia, com competências para o mercado de emprego e capacidade de iniciativa empresarial;
- Contribuir para a difusão da Sociedade da Informação, com o consequente aumento de bem-estar e de riqueza daí esperados;
- Contribuir para a modernização do país e da região, ao disponibilizar formação numa área carenciada de oferta de formação qualificada;
- Contribuir para a fixação de quadros qualificados no Interior Norte do país;
- Contribuir para a afirmação da UTAD na área tecnológica, ao explorar sinergias com outras iniciativas em curso e a lançar.
Perfil do Diplomado
Os licenciados com esta formação, concretizada através de um plano de estudos que inclui unidades curriculares de Ciências das Engenharias, Ciências Exatas e Ciências Humanas e Sociais, deverão adquirir e desenvolver, na área da engenharia informática, competências de resolução de problemas; competências de recolha, análise, síntese e interpretação de dados específicos da área, deles extraindo informações sustentadas e integrando conhecimentos; competências de planeamento, desenvolvimento, fundamentação e comunicação de soluções e sistemas; competências de diagnóstico e intervenção em sistemas organizacionais e sociais; competências de resolução de desafios e de problemas complexos de forma estruturada e rigorosa; competências de trabalho em equipa, de comunicação oral e escrita sem ambiguidades; competências de inovação e empreendedorismo. Deverão ainda adquirir a capacidade para desenvolver novas competências e ter motivação para a aprendizagem ao longo da vida.
Entidades onde Exercer
Os diplomados a formar destinam-se a integrar os quadros de empresas, organizações e equipas na área da Informática e das Comunicações, nomeadamente se vocacionadas para o desenvolvimento de sistemas e redes informáticas, bem como para a produção, divulgação, comercialização e manutenção de soluções informáticas e de comunicações. Poderão vir a exercer funções em variados sectores como é o caso do sector de serviços, do sector industrial, da administração pública, dos media, entre outros.
Código DGES
9119 (ver mais informações)
Vagas
125
Condições de Acesso
Preferência Regional:
não aplicável

Pré-requisitos:
não exigidos
Provas de Ingresso
Um dos seguintes conjuntos:
19 Matemática A ou (04 Economia; 19 Matemática A) ou
(07 Física e Química; 19 Matemática A)
Nota Mínima
Provas de ingresso: 95 (escala de 0-200)
Nota de candidatura: 95 (escala de 0-200)
Nota do Último Aluno Colocado na 1ª Fase
2019: 122,6
2018: 121,1
2017: 129,9
Cálculo da Nota de Acesso
Média do Secundário: 65%
Provas de Ingresso: 35%
Data da Decisão
31-07-2019
Deliberação da A3ES
Data do Registo
28-06-2011
Validade
31-07-2025