Grau Académico
Doutor
Objetivos
O programa Doutoramento (Ph.D.) em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (ou Engenharia Elétrica e de Computação, EEC) é um programa orientado para a investigação (pesquisa). Sua finalidade é avançar o conhecimento nas áreas de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores e dotar os alunos de excepcional capacidade de realizar estudos avançados e investigação original. O Ph.D. em EEC pretende capacitar os alunos para uma carreira de investigação e/ou docência na indústria, instituições de investigação, universidades e governo. O programa também deve incutir em cada aluno uma proficiência para a inovação, manifestando um avanço fundamental do conhecimento e capacitar os graduados a integrar na sua educação e experiência os maiores desafios das profissões tecnológicas. O programa tem um foco em questões de tecnologia de ponta que ultrapassam os limites da Engenharia de Computação, Robótica, Microeletrônica, Processamento de Sinal e Comunicações Digitais.

O ambiente de investigação é composto pelo Departamento de Engenharias da UTAD e pelos seguintes institutos de investigação
INESC TEC - Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência
CITAB - Centro de Pesquisa e Tecnologia em Ciências Agroambientais e Biológicas
INESC P&D Brasil – (a aguardar protocolo)

Obtenção do Grau

O Doutoramento em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores é concedido ao aluno que:

• Completa com sucesso as disciplinas de acordo com a organização do curso, obtendo 60 ECTS;

• Obtém aprovação para o Plano de Investigação (Planeamento e Programação da Tese), apresentado no final do primeiro ano (normalmente em julho – no ano letivo de 2017/2008 será em 12 de julho de 2018);

• Submete e vê aprovado a Tese, como resultado do Plano de Investigação previamente aceite.

Submissão da Tese

A Tese deverá ser submetida em inglês (ou em português, nos casos aceites pelo Conselho Científico) antes do final dos 4 anos de frequência do Doutoramento.

Uma versão provisória da Tese será avaliada em defesa pública por um júri e alterações podem ser estipuladas. O diploma só é concedido após a entrega de uma versão final e corrigida da tese.

Área CNAEF
Eletrónica e automação - Engenharia eletrónica, Sistemas de comunicação, Tecnologia de telecomunicações
(523) Portaria n.º 256/2005
Plano de Estudos/Diário da República
Horário
Horário Semanal: Regime tutorial

Calendário Letivo: setembro a junho

Duração
O Curso é constituído por duas partes, a primeira com a duração de dois semestres e a outra com a duração de três anos letivos: a) Uma primeira parte letiva decorrerá ao longo de dois semestres b) A segunda parte destina-se à realização de trabalho de investigação conducente à elaboração de uma tese, a apresentar nos moldes definidos pela legislação aplicável e pelo regulamento de doutoramento em vigor na UTAD.

60 ECTS são correspondentes às disciplinas que o aluno deve completar e 180 ECTS são correspondentes ao trabalho de tese.

Prémios ou Destaques
Saídas Profissionais
Prepara os estudantes para uma carreira de investigação e/ou docência na indústria, instituições de investigação, universidades e governo.
Código DGES
5138
Condições de Acesso
Os alunos formados em um campo de engenharia associado à Engenharia Elétrica e de Computação (incluindo Eletrônica e Telecomunicações) têm o perfil necessário para se inscrever no PhD do EEC.
Outros perfis podem ser aceites, especialmente em Ciência da Computação, Física ou Energia e Meio Ambiente, se se verificar a existência de:
a) Desenvolvimento ou participação em projetos na área da EEC, no mínimo de 2;
b) Publicações científicas relevantes na área da EEC, no mínimo de 2;
c) Experiência profissional relevante na área da EEC, no mínimo de 3 anos.
A admissão de qualquer candidato está sujeita a análise e aprovação pelo Conselho Científico da Escola de Ciência e Tecnologia.

Propinas

Os valores das propinas do Ph.D. em EEC dependem do estatuto do aluno. No ano letivo de 2017/2018, a taxa de matrícula era de 3500 Euros para os estudantes abrangidos pelo estatuto de estudante internacional. Para estudantes nacionais, estudantes da CPLP * ou estudantes estrangeiros não cobertos pelo estatuto de estudante internacional foram 2000 Euros. Para 2018/2019 as propinas ainda não estão definidas.

Critérios de Seleção e Seriação
- Classificação da habilitação de acesso;
- Currículo científico;
- Currículo profissional;
- Os candidatos podem ser submetidos a entrevista para seleção e seriação.
Data da Decisão
27-12-2013
Deliberação da A3ES
Data do Registo
27-12-2013
Validade
27-12-2019