Grau Académico
Mestre
Objetivos
– Capacitar para a consecução de ganhos em saúde, decorrentes de cuidados de enfermagem à pessoa que vivencia processos complexos de doença crítica e ou falência orgânica, da resposta em situações de catástrofe e emergência multivítima, e no controlo da infeção, tendo em conta a dimensão ética e deontológica da profissão;
– Capacitar para a liderança, gestão de recursos e de cuidados, para a otimização das respostas de enfermagem e da equipa de saúde, visando a melhoria da qualidade dos cuidados à pessoa e família que vivenciam processos complexos de situação crítica e ou falência orgânica, e a resposta adequada a situações de catástrofe e emergências;
– Incentivar a produção, a apropriação e disseminação do conhecimento científico assegurando a responsabilidade ética e social da enfermagem.
Área CNAEF
Enfermagem
(723) Portaria n.º 256/2005
Horário
Horário semanal: sextas-feiras 14h00 - 20h00 e sábados 9h00 - 13h00 e 14h00-20h00 Calendários letivo: Início de outubro
Duração
Três semestres letivos Horas Totais: 2520 Horas; Horas de contacto: 1050 Horas
ECTS
90
Saídas Profissionais
Os Mestres em Enfermagem da Pessoa em Situação Crítica exercem atividade profissional liberal ou em instituições públicas ou privadas, nacionais ou estrangeiras, nomeadamente:
– Hospitais gerais e especializados;
– Emergência Pré-hospitalar;
– Organizações do 3.º setor;
– Centros de Saúde;
– Clínicas Médicas e de Enfermagem.
Código DGES
M666
Data da Decisão
Deliberação da A3ES
Data do Registo
17-10-2012
Validade