Grau Académico
Mestre
Objetivos
O Mestrado em Desafios das Cidades tem como objetivo a análise dos desafios das cidades atuais e as respetivas respostas para as transformar em cidades sustentáveis, inteligentes, eficientes, resilientes e inclusivas, considerando as seguintes dimensões dos objetivos do desenvolvimento sustentável: a dimensão Física, a dimensão Social e Educativa a dimensão Ambiental, a dimensão Tecnológica, a dimensão Económica e a dimensão de Governança.
O ensino é ministrado em Português, Galego e Castelhano, sendo a docência de cada unidade curricular da responsabilidade de dois Professores Doutorados, um de uma das três universidades do Norte de Portugal, e outro de uma das três universidades de Galiza. O trabalho conjunto, em equipa, permite a oferta de visões complementares e holísticas, considerando a natureza, a identidade e a idiossincrasia dos dois países, Portugal e Espanha.
Área CNAEF
Engenharia Civil
(582) Portaria n.º 256/2005
Duração
3 semestres
ECTS
90
Outras Informações
Formalização das estruturas urbanas:
– Desafios sociais e educacionais das cidades
– Desafios ambientais das cidades
– Desafios tecnológicos das cidades
– Governança e políticas urbanas
– Economia urbana
– Estágio em desafios das cidades
– Metodologias de investigação e plano de dissertação
– Dissertação

Opcionais:
– Materialização do Espaço Urbano
– Espaço construído como Património Sustentável
– Gestão do Ambiente Urbano
– Sustentabilidade Urbana e Estilos de Vida Saudáveis
– Políticas e Práticas de Inclusão de Desenvolvimento em Cidades Sustentáveis
– Governança Urbana e o Direito à Cidade
– Planeamento, Prospetiva e Gestão Urbana
– Inteligência IoT para a Criação de Cidades Inteligentes
– Economia Urbana e Cidades Inteligentes
– Economias de Aglomeração e Clusters

A Universidade sem Fronteiras (UNISF) nasce de uma parceria entre as 6 universidades públicas da Euro-região Galiza-Norte de Portugal, lideradas pela Universidade do Minho enquanto beneficiária principal, e a Fundação Centro de Estudos Eurorexionais (FCEER). As universidades que fazem parte da rede de universidades públicas da Euro-região são: a Universidade da Coruña (UdC), a Universidade de Santiago de Compostela (USC), a Universidade de Vigo (UV), a Universidade do Minho (UM), a Universidade do Porto (U. Porto) e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). Os reitores destas 6 universidades compõem o conselho da FCEER.
O objetivo do UNISF é implementar 4 programas-piloto de cursos inovadores, cooperativos e mais criativos, com uma clara componente transfronteiriça e multidisciplinar, em que participem as Universidades da Euro-região. O projeto UNISF foi aprovado com um orçamento total de 1.989.628,60€, com uma percentagem de cofinanciamento de 75% por parte do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), o que representa 1.492.221,46€.


Universidade do Minho (coordenadora do projeto)
(+351) 253 601 120
unisf@universidadesemfronteiras.eu
Links Úteis
www.universidadesemfronteiras.eu
Saídas Profissionais
Os Mestres em Desafios das Cidades obterão um amplo conhecimento dos problemas urbanos contemporâneos, suas diversidades, evoluções e possíveis soluções, bem como sobre políticas, planos e intervenções, adquirindo competências profissionais avançadas para intervir quer em instituições públicas (governos regionais, municipais, locais e outras entidades de gestão do território) quer em empresas privadas com intervenção no desenvolvimento do território.
Mais Informações
Vagas
36
Condições de Acesso
São admitidos à candidatura os detentores das seguintes habilitações:
a) Possuir o grau de licenciado em Engenharia Civil, Geografia, Informática, Sistemas de Informação, Ciências Sociais, Educação, Arquitetura, Economia ou áreas afins;
b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido pelos órgãos competentes de todas as IES, como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado, nas áreas do conhecimento mencionadas em a).
Critérios de Seleção e Seriação
a) Ordem de preferência de Universidade, escolhida pelo próprio candidato em relação ao curso de Mestrado a frequentar, através de formulário disponibilizado para o efeito, aquando da candidatura (formulário apresentado abaixo);
b) Adequação da titulação de acesso e curriculum aos conteúdos do mestrado, de acordo com as condições de ingresso estabelecidas;
c) Currículo académico e científico (formação extracurricular, participação em atividades científicas e académicas relacionadas com os objetivos do mestrado, etc.);
d) Experiência profissional relevante para o ciclo de estudos, etc.).
A Comissão Académica Interuniversitária determinará, relativamente a titulações de acesso de outros ramos a sua adequação aos conteúdos do mestrado. O expediente académico terá um peso máximo de 70% do total, e outros méritos um peso máximo de 30%. No caso de ser necessário, o desempate consistirá numa entrevista, em que os candidatos serão avaliados relativamente às suas competências comportamentais, relacionais e quanto à sua motivação.
Nota: informações omissas serão oportunamente divulgadas pela Comissão Académica Interuniversitária.
Data da Decisão
23-05-2021
Deliberação da A3ES
Data do Registo
05-05-2021
Validade
23-05-2024