Grau Académico
Licenciado (pós-Bolonha)
Objetivos
O 1º ciclo em Ciências do Ambiente proporciona uma formação multidisciplinar, dotando os licenciados com competências para interpretar os processos físicos, químicos, biológicos e socio-económicos relativos ao funcionamento dos sistemas ambientais. Os alunos irão realizar análises de caracterização ambiental (solo, ar, água), tratamentos de dados e modelos preditivos, interpretar resultados em termos de impacte nos ecossistemas e legislação, saber integrar a informação e definir processos de ordenamento e gestão ambiental, processos de requalificação/ restauração. O curso visa formar profissionais em diferentes dominios na área do ambiente, com aplicação em diversos contextos:
- empresarial – consultoria e serviços ambientais, nos domínios do turismo da Natureza, estudos de monitorização e avaliação de impacte ambiental;
- investigação – formação pós-graduada e investigação em áreas das ciências e engenharia do ambiente;
- organismos estatais, empresas municipais e multimunicipais. Os licenciados poderão adquirir as seguintes competências: Compreender os processos físicos, químicos, biológicos e socio-económicos relativos ao funcionamento dos sistemas ambientais; Desenvolver aptidões que permitam a análise e avaliação dos problemas de natureza ambiental, com base nos conhecimentos adquiridos nas diferentes áreas, numa perspetiva integrada; Desenvolver capacidades, na pesquisa de literatura da especialidade, no delineamento e desenvolvimento de experiências, na interpretação e discussão de resultados; Desenvolver um conjunto de aptidões de caráter transversal aplicadas às Ciências do Ambiente. Em suma, a Licenciatura em Ciências do Ambiente pretende formar profissionais com competências no domínio da gestão de resíduos, da requalificação ambiental, dos estudos de impacte ambiental, do ordenamento de espaços naturais, da monitorização ambiental, dos sistemas de informação, da educação e informação na área ambiental, entre outros aspetos no domínio do Ambiente.
Área CNAEF
Ciências do Ambiente
(422) Portaria n.º 256/2005
Plano de Estudos/Diário da República
Horário
Semanal: Diurno
Duração
6 semestres
ECTS
180
Perfil do Diplomado
Os licenciados em Ciências do Ambiente deverão possuir uma visão integrada dos problemas ambientais, de modo a abarcar os aspetos tecnológicos, ecológicos e socioeconómicos que lhe são inerentes. Assim, para o exercício da sua profissão, deverão ser possuidores das seguintes competências:
- Compreender os processos físicos, químicos, biológicos e económicos relativos ao funcionamento dos sistemas ambientais;
- Saber aplicar os conhecimentos adquiridos, de forma a evidenciar uma abordagem profissional na área do Ambiente;
- Desenvolver aptidões que permitam a análise e avaliação dos problemas de natureza ambiental, com base nos conhecimentos adquiridos nas diferentes áreas, numa perspetiva integrada;
- Resolver os problemas de natureza ambiental nas suas múltiplas dimensões;
- Implementar estratégias que visem a defesa do ambiente e a promoção do desenvolvimento sustentável;
- Desenvolver capacidades, no plano da evolução do conhecimento, que vão desde a pesquisa de literatura da especialidade, o delineamento e desenvolvimento de experiências, a interpretação e discussão de resultados, até à utilização de modelos e o recurso à simulação;
- Desenvolver um conjunto de aptidões de carácter transversal, genéricas e aplicadas às Ciências do Ambiente, designadamente a comunicação, a gestão e a capacidade de realizar trabalho em equipa.
Entidades onde Exercer
Os licenciados em Ciências do Ambiente poderão desenvolver a sua atividade profissional em diferentes entidades:
- Instituições de Ensino Superior;
- Instituições de investigação científica e
desenvolvimento tecnológico;
- Gabinetes de projeto;
- Organismos públicos centrais, regionais e locais;
- Setor empresarial nos diversos domínios do
ambiente, energia, qualidade, higiene e segurança;
- Empresas de consultoria, conceção, implementação
e monitorização na área do Ambiente;
- Indústria química, agroalimentar, agroquímica,
biotecnológica e farmacêutica.
Código DGES
9379 (ver mais informações)
Vagas
20
Condições de Acesso
Preferência Regional:
não aplicável

Pré-requisitos:
não exigidos
Provas de Ingresso
Um dos seguintes conjuntos:
02 Biologia e Geologia ou 07 Física e Química ou 16 Matemática
Nota Mínima
Provas de ingresso: 95 (escala de 0-200)
Nota de candidatura: 95 (escala de 0-200)
Nota do Último Aluno Colocado na 1ª Fase
2018: 95,0
2017: 98,5
Cálculo da Nota de Acesso
Média do Secundário: 65%
Provas de Ingresso: 35%
Data da Decisão
18-05-2015
Deliberação da A3ES
Data do Registo
18-05-2015
Validade
18-05-2021