Grau Académico
Licenciado (pós-Bolonha)
Objetivos
O curso de Licenciatura em Bioengenharia constitui uma oferta educativa de 1º ciclo com seis semestres lectivos e 180 ECTS, que visa a formação de diplomados que sejam capazes de conceber, planear, projectar, gerir e executar soluções tendo como objecto de trabalho a Bioengenharia. Os Licenciados em Bioengenharia deverão possuir uma visão integrada dos conhecimentos, de modo a abarcar os aspectos científicos, tecnológicos e socioeconómicos inerentes a esta área emergente. Em paralelo, procura-se que as matérias versadas e o modo como são leccionadas satisfaçam as exigências do tecido empresarial público e privado, tanto no domínio industrial como de consultadoria, podendo igualmente ser dirigidas para actividades de investigação ou laboratoriais.

Pretende-se que os futuros licenciados adquiram as seguintes competências para o exercício da sua profissão:
- Compreender os processos físicos, químicos, biológicos e económicos inerentes aos diferentes sectores da Bioengenharia;
- Saber aplicar os conhecimentos adquiridos, de forma a evidenciar uma abordagem profissional na área da Bioengenharia;
- Desenvolver aptidões que permitam a análise e avaliação dos problemas e soluções no campo da Bioengenharia, com base nos conhecimentos adquiridos em diversos domínios, numa perspectiva integrada;
- Resolver os problemas associados às novas tecnologias nas suas múltiplas dimensões;
- Implementar estratégias de natureza tecnológica que se traduzam na promoção do desenvolvimento sustentável;
- Desenvolver capacidades, no plano da evolução e consolidação dos conhecimentos, que vão desde a pesquisa de literatura da especialidade, o delineamento e desenvolvimento de experiências, a interpretação e discussão de resultados, até à utilização de modelos e o recurso à simulação;
- Desenvolver um conjunto de aptidões de carácter transversal, genéricas e aplicadas às Ciências de Engenharia e Ciências Biológicas, designadamente a comunicação, a gestão e a capacidade de realizar trabalho em equipa.
Área CNAEF
Tecnologia dos Processos Químicos
(524) Portaria n.º 256/2005
Plano de Estudos/Diário da República
Horário
Semanal: Diurno
Duração
6 semestres
ECTS
180
Outras Informações
A UTAD tem um protocolo com a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) que possibilita a transferência direta, concluído o 2º ano curricular, dos 15 melhores alunos do 1º ciclo em Bioengenharia da UTAD para o 3º ano do Mestrado Integrado em Bioengenharia da FEUP (5 alunos por cada um dos 3 ramos do MIB).
Saídas Profissionais
Os Licenciados em Bioengenharia terão como principais saídas profissionais:
- Criação, desenvolvimento e implementação de novos processos e produtos (dispositivos médicos, próteses externas e internas, engenharia de tecidos e biónica);
- Produção de equipamentos e instrumentação (instrumentação biomédica, processamento e análise de sinais e imagens biomédicas, telemedicina, robótica médica);
- Desenvolvimento de processos em indústrias de processos químico-biológicos e de valorização de materiais naturais.
Entre os domínios onde poderão ainda exercer a sua atividade destacam-se:
- Investigação científica em universidades, institutos, centros de investigação e laboratórios públicos ou privados;
- Desenvolvimento tecnológico de bens ou serviços em Institutos, Centros de Investigação e Laboratórios públicos ou privados;
- Prestação de serviços de consultadoria em empresas privadas e estatais na área das ciências biológicas e de engenharia.
Outras saídas:
- Jornalismo científico, em revistas especializadas;
- Prestação de serviços técnicos em organismos e comissões
reguladoras.
Perfil do Diplomado
Os Licenciados em Bioengenharia possuem um conjunto de competências que os habilita a conceber, planear, projetar, gerir e executar soluções tendo como objeto de trabalho a Bioengenharia.
Os Licenciados em Bioengenharia possuem uma visão integrada dos conhecimentos das Ciências de Engenharia e das Ciências Biológicas, nomeadamente dos processos físicos, químicos, biológicos e económicos inerentes aos diferentes sectores da Bioengenharia, de modo a abarcar os aspetos científicos, tecnológicos e socioeconómicos relevantes inerentes a esta área emergente.
Entidades onde Exercer
- Indústria farmacêutica, alimentar, de cosméticos, de aromas e de valorização de materiais naturais;
- Serviços de saúde;
- Empresas de desenvolvimento de equipamentos de
tratamento, reabilitação e diagnóstico;
- Instituições de Ensino Superior;
- Instituições de investigação científica e
desenvolvimento tecnológico;
- Empresas ou entidades reguladoras e de
consultadoria;
- Empresas comerciais;
- Empresas de prestação de serviços.
Código DGES
9540 (ver mais informações)
Vagas
38
Condições de Acesso
Preferência Regional:
não aplicável

Pré-requisitos:
não exigido
Provas de Ingresso
Um dos seguintes conjuntos:
(02 Biologia e Geologia + 19 Matemática A) ou
(07 Física e Química e 19 Matemática A)
Nota Mínima
Provas de ingresso: 95 (escala de 0-200)
Nota de candidatura: 95 (escala de 0-200)
Nota do Último Aluno Colocado na 1ª Fase
2018: 117,0
2017: 111,7
Cálculo da Nota de Acesso
Média do Secundário: 65%
Provas de Ingresso: 35%
Data da Decisão
12-03-2015
Deliberação da A3ES
Data do Registo
18-03-2011
Validade
12-03-2021