EN

Centro de Recuperação de Aves Selvagens do Hospital Veterinário da UTAD (CRAS-HVUTAD) Devoluções à Natureza em Outubro


A um de outubro de 2014, foi devolvida à natureza uma coruja-do-mato (Strix aluco) na EB1 de Castanheiro do Sul, São João da Pesqueira.
Este animal deu entrada no CRAS-HVUTAD devido a um possível embate e apresentava lesões oculares. O seu processo de recuperação, além de treino de voo e caça, incluiu numa fase inicial tratamento de suporte e adequado às lesões que apresentava.
Esta ação contou com a presença de alunos e funcionários da EB1 de Castanheiro do Sul, com a equipa do SEPNA de Moimenta da Beira e com a pessoa que a encontrou.


 
A dois de outubro de 2014 foram devolvidas à Natureza duas corujas-do-mato (Strix aluco) em Mouçós, Vila Real.
As duas aves foram entregues ao CRAS pelo SEPNA-GNR de Peso da Régua, na altura tratava-se de crias que caíram precocemente do ninho. Nenhuma delas apresentava lesões, o que facilitou o seu processo de recuperação. Este consistiu em alimentação adequada, treino de voo e caça e socialização com indivíduos da mesma espécie. 
Foram devolvidas à Natureza na presença de cerca de 200 alunos, professores e funcionários do Centro Escolar Abade de Mouçós (Vila Real).

 
A três de outubro de 2014 foi devolvida à Natureza uma coruja-do-mato (Strix aluco) no Centro Escolar de S. Martinho de Mouros, em Resende.
Esta ave foi encontrada no chão, sem voar, chegou até ao CRAS através da atuação da equipa do SEPNA-GNR de Lamego. Tratava-se de uma cria, que caiu precocemente do ninho, não apresentava quaisquer ferimentos. O seu processo de recuperação incluiu alimentação adequada, socialização com indivíduos da mesma espécie, treino de voo e de caça.
Foi devolvida à Natureza na presença de cerca de 150 alunos, professores e funcionários do referido Centro Escolar, do SEPNA-GNR de Lamego e estudantes de Medicina Veterinária da UTAD. 

A 21 de outubro de 2014, foram devolvidos à Natureza 2 Grifos (Gyps fulvus) no Miradouro do Carrascalinho, concelho de Freixo de Espada à Cinta.
As duas aves deram entrada no CRAS durante o mês de Agosto, ambos juvenis debilitados e em má condição corporal. Foram recolhidos e entregues pela equipa do SEPNA-GNR de Mirandela e por Vigilantes do Parque Natural do Douro Internacional.
O seu processo de recuperação incluiu alimentação adequada, socialização com indivíduos da mesma espécie e treino de voo.
Estiveram presentes elementos do SEPNA-GNR de Mirandela e alunos e professores do Agrupamento de Escolas de Mogadouro, que baptizaram os grifos de "Carrascalinho" e "Ziscas".
 
 

A 27 de Outubro de 2014 foi devolvida à Natureza uma águia-calçada (Aquila pennata) em Faiões, concelho de Chaves. Esta ave chegou até ao CRAS através da equipa do SEPNA-GNR de Chaves no final de Agosto deste ano. Foi vítima de disparo, e apresentava-se bastante debilitada e com fractura de rádio e cúbito de uma das asas. O seu processo de recuperação consistiu em tratamento de suporte e cirurgia ortopédica, alimentação adequada e treino de voo e de caça.
Uma vez recuperada, foi devolvida à Natureza na presença dos alunos e funcionários do Jardim de Infância de Faiões, particulares que a encontraram e elementos do SEPNA-GNR de Chaves.
Pode consultar o vídeo da libertação aqui 
 
 

A 28 de Outubro de 2014, foi devolvido à Natureza 1 Grifo (Gyps fulvus) no Miradouro do Carrascalinho, concelho de Freixo de Espada à Cinta. Esta ave, juvenil, deu entrada no CRAS durante o final do mês de Agosto, debilitado e com má condição corporal. Foi recolhido e entregue por Vigilantes do Parque Natural do Douro Internacional.
O seu processo de recuperação incluiu alimentação adequada, socialização com indivíduos da mesma espécie e treino de voo.
Pode consultar o vídeo da libertação aqui