EN

Jornadas de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores aproximam empresas e futuros profissionais da área


Realizaram-se nos dias 3 e 4 de Outubro na Escola de Ciências e Tecnologias da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro as II Jornadas de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, realizadas pelo Núcleo de estudantes de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (NEUTAD) e que teve como objetivo a formação de estudantes através da presença de um painel de profissionais de excelência na área. 

Este painel foi composto por sete oradores de diversas entidades relacionadas com as diferentes áreas que o curso abrange como por exemplo, a Vodafone, uma das maiores empresas de telecomunicações do país,  a EDP, uma das maiores empresas de energias, e as outras empresas de referência como a Tula labs , a Siemens, a Wavecom e ainda com o investigador Gustavo Alves, do ISEP e o professor e investigador Vladimir Miranda,  ambos com “papel de referência no estudo da área e com projetos inovadores”. 

As temáticas apresentadas pelos oradores variaram desde a "EDP distribuição" apresentada por Alexandre Sousa, da EDP, a “Indústria 4.0” apresentada por Catarina Contente, da Siemens, a Vodafone, com a temática "Segurança da informação: Para lá do Marão, mandam os que lá estão?" e os temas “Piloto Autónomo” pela Tula Labs , "Sr. Engenheiro Darwin... e nós não sabíamos", do investigador do INESCTEC  e professor da FEUP,  Vladimiro Miranda, e a empresa Wavecom com o tema: "Abordagens Wireless em Transportes, Utilities e Smart Cities" .
O “vasto e importante programa” destas jornadas permitiu a “grande adesão” dos estudantes da área de engenharia eletrotécnica e de computadores e incentivou também à presença de estudantes do curso de Engenharia Informática, contando no total com a adesão de 100 alunos. 

Um evento de “sucesso” e que nas palavras do presidente do núcleo, Bruno Novo,  “se perspetiva ser realizado novamente dentro de um ano”. 

Na opinião dos oradores este foi “um evento pioneiro na área e que se deverá expandir pois permite aos alunos o primeiro contato com o mercado do trabalho”. Gustavo Alves, investigador do ISEP e orador nestas jornadas reforça "acho louvável este tipo de iniciativas. Na assistência estavam diversos alunos do 1º ano e é um começar cedo que muito me alegra poder testemunhar (e contribuir para). Está de parabéns o NEUTAD."

Os estudantes “manifestaram o seu agrado e agradeceram ao Núcleo pela realização deste magnifico evento”. O Núcleo de estudantes por sua vez agradeceu às diversas entidades e professores que colaboraram na realização do mesmo.