EN

​Animais vítimas dos incêndios de outubro estão a ser tratados no Hospital Veterinário da UTAD

 
 
O hospital Veterinário da Universidade de Trás-os-Montes e alto Douro (HVUTAD) recebeu para tratamento cinco animais com queimaduras e traumatismo, resultantes dos incêndios de 15 de outubro na zona centro do País.

Estes animais chegaram à UTAD através dos seus proprietários, também estes afetados nos seus bens pelos incêndios, com intermediação de médicos veterinários que visitaram as zonas afetadas, nomeadamente Tondela, Oliveira do Hospital e Vieira do Minho.

“Após visita aos locais por médicos veterinários da UTAD e observação dos animais queimados, recomendámos a sua vinda para o HVUTAD, já que aqui temos condições, com alunos e internamento 24 horas, o que nos permite fazer um melhor acompanhamento. Os animais estão a ser tratados em termos de limpeza de feridas 3 a 4 vezes ao dia, que é a única forma de tratar aquele tipo de queimadura”, explica Filipe Silva, da direção do HVUTAD.

Dos cinco animais que se encontram em tratamento, quatro estão em “franca recuperação”. Um dos cavalos apresenta um quadro clínico de intoxicação por inalação de fumos, os outros três apresentam queimaduras de 1º, 2º e 3º grau; a cabra, único animal sobrevivente do rebanho a que pertencia, apresenta uma fratura de metatarso, resultante da fuga ao incêndio.

O HVUTAD está a apoiar e a receber para tratamento pro bono, até ao limite das suas instalações, animais que tenham sido vitimas destes incêndios.

Para mais informação contatar:
Rosa Rebelo | Assessoria de Comunicação | UTAD
Telm: 932 148 809 | rorebelo@utad.pt