EN

Abertura solene do ano letivo na UTAD: “A Universidade quer cumprir os vossos sonhos”

 
Foi com palavras de grande otimismo e de esperança num Futuro para quem escolheu a UTAD que o reitor Fontainhas Fernandes se dirigiu aos novos estudantes, na sessão solene de abertura do ano letivo, que decorreu no dia 25 de outubro na Aula Magna, com a presença da Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Maria Fernanda Rollo, entre muitos convidados.

“A Universidade quer ajudar a cumprirem os vossos sonhos” afirmou o reitor nas boas vindas aos novos estudantes, referindo que a Universidade tudo fará para a sua integração no mundo profissional, “com mais ciência, com mais conhecimento, com competências favoráveis à inovação, à capacidade criativa, de respeito pelos valores éticos e de cidadania, mas cumprirem os vossos sonhos”.

A mesma mensagem de otimismo dirigiu à academia, defendendo a necessidade de consolidar e melhorar a trajetória de renovação que tem sido implementada, num contexto de maior segurança e estabilidade. Apresentou alguns indicadores positivos, casos do número de alunos do concurso nacional de acesso, o maior de sempre na história da Universidade, o maior investimento em fundos de ciência e transferência de Tecnologia (cerca de 13 milhões de euros de projetos financiados), maior número projetos candidatados à FCT sinal de dinamismo e de motivação, o aumento de 250 novos jovens bolseiros em atividades de investigação, a requalificação do campus em 3 milhões de euros ao abrigo da eficiência energética e ainda no quadro do PEDU a ciclovia que liga o centro da cidade ao centro do campus, podendo a UTAD ambicionar um campus sustentável, um laboratório inteligente, mas amigo das pessoas.

A segunda mensagem passa pela afirmação da Universidade, enquanto pilar de coesão e de valorização do território. Defendeu que em momentos difíceis que atravessa este Portugal Interior, a Universidade deve elevar a sua voz na defesa de um país mais coeso e mais plural.
Após a intervenção do reitor, usou da palavra o representante da Associação Académica da UTAD, Rui Monteiro, para deixar aos novos estudantes uma nota de reconhecimento para escolha que fizeram e do orgulho que é comum a todos quantos passam por esta universidade.

Particularmente aguardada nesta cerimónia, foi ainda a palestra proferida pelo convidado de honra, Alexandre Quintanilha, investigador e Presidente da Comissão Parlamentar de Educação e Ciência. Falou sobre “Desafios atuais (biomedicina)”, uma intervenção que deixou algumas intranquilidades, ao enunciar, com exemplos perturbadores, aonde nos pode levar o conhecimento, e o desconforto que, em certos domínios, nos provoca. Sobre o planeta, deu como exemplo que “99,9% das espécies já desapareceram”, o que lhe permitiu mais uma reflexão inquietante: “Aquilo que andou a criar estas espécies ou era incompetente porque andou a criar 99,9 por cento de espécies para depois as destruir, ou, muito pior que incompetente, era sádico, pois andou a produzir espécies para as eliminar”.

A encerrar a sessão, usou da palavra a Secretária de Estado Fernanda Rollo, que começou por manifestar o seu apreço pela eleição de Fontainhas Fernandes para Presidente do Conselho de Reitores, referindo-se depois à UTAD com palavras de grande admiração pela capacidade de afirmação do conhecimento que a instituição tem demonstrado. “Por isso, nos sentimos profundamente orgulhosos quando estamos na UTAD, que tem sido um ator e um parceiro inestimável no desenvolvimento do ensino, da ciência e da tecnologia em Portugal”, afirmou a governante
“Impõe-se usar a UTAD como exemplo – realçou também, – pois criou aqui contextos de coesão social e territorial que ajudam a construir esta noção de identidade. Temos, pois, de agradecer a todos quantos a têm ativado diariamente e que a têm ajudado a afirmar-se no plano nacional e internacional”.