EN

Plataforma de Inovação da Vinha e do Vinho

 

A Plataforma de Inovação da Vinha e do Vinho é um projeto multidisciplinar vai envolver investigadores das áreas do solo, climatologia e alterações climáticas, ecologia, viticultura, fisiologia, microbiologia, enologia, engenharia e economia.Os pontos fortes da investigação da UTAD e as competências de inovação visam estabelecer relacionamentos fortes e produtivos com organizações de desempenho mundial de I&D que partilham interesses de investigação semelhantes. 

A plataforma integra quatro linhas principais de investigação: estudo das interações entre as condições edafoclimáticas e as videiras à escala da vinha; implementação de estratégias de adaptação às alterações climáticas para as regiões vitivinícolas; desenvolvimento e otimização de práticas enológicas que promovam a produção sustentável de vinhos de qualidade altamente diferenciadora orientados para o mercado de denominação de origem; estudo da competitividade do setor, mediante investigação dos sistemas de vinhedos, mercados e consumidores, comércio internacional, e atividades de base territorial associadas à vinha e ao vinho, caso do enoturismo e da gastronomia.

Com estes objetivos a plataforma visa alcançar economias de escala; obter resultados científicos e tecnológicos relevantes para o setor; promover a produção de vinho, económica e ambientalmente mais sustentável; estimular a inclusão dos stakeholders no processo de tomada de decisão para incentivar o desenvolvimento da ciência aplicada e aumentar o impacto das atividades da plataforma; dinamizar a incorporação de elevados níveis de conhecimento e inovação na indústria do vinho.

A plataforma está instalada no Centro de Excelência da Vinha e do Vinho, situado no Regia-Douro Park e para o seu funcionamento existe uma dotação inicial superior a cinco milhões de euros para um período de três anos canalizada pelo NORTE2020, encontrando-se outros projetos a ser delineados.

A Plataforma da Vinha e do Vinho vista por Serge Delrot* e Hans Schultz*

"A Plataforma de Inovação da Vinha e do Vinho, desenvolvida pela UTAD, tem como objetivo dinamizar o setor do vinho, uma das mais importantes atividades em Portugal e da região do Douro. A plataforma permitirá reunir e organizar numerosos cientistas da área da viticultura e da enologia, que terão ao seu dispor equipamentos com tecnologia de ponta. A sua localização no Regia-Douro Park garantirá o fácil acesso às empresas e incentivará a criação de interações com a indústria do vinho. A plataforma irá catalisar uma osmose perfeita entre a investigação científica, a transferência de tecnologia e a formação de estudantes de doutoramento em enologia e viticultura. Ao concentrar num único lugar muitas competências, desde a pedologia e climatologia à vinificação, através da genética e biotecnologia, análise sensorial, entomologia, viticultura de precisão, fitoquímica, a plataforma irá abordar todos os principais desafios com que se depara o setor do vinho no sentido de se manter competitivo. Tendo experiência da eficiência de uma estrutura semelhante criada em Bordéus (ISVV, Institut des Sciences de la Vigne et du Vin) em 2009, estou feliz por ver outras iniciativas a aparecer, o que pode levar à formação de uma Rede Europeia de Institutos da Vinha e do Vinho."
 
*Serge Delrot 
  Membro da Comissão Cientifica da Plataforma da Vinha e do Vinho 
  Directeur de l'UMR Ecophysiologie et Génomique Fonctionnelle de la Vigne
  Délégué Scientifique HCERES-SVE
 
"A criação da plataforma de ciência da UTAD em conjunto com stakeholders da indústria é um passo importante para o fortalecimento do setor do vinho. A Plataforma irá aumentar significativamente a transferência de conhecimento desde a investigação e desenvolvimento até à sua aplicação prática e utilização.
De acordo com todos os padrões internacionais, o projeto é muito ambicioso, mas a reputação da equipa científica, assegura a capacidade de produção de resultados de elevada qualidade.
Porque foi feito um levantamento entre os stakeholders do setor, antes da proposta ser desenvolvida, a probabilidade de que a ciência atenda às necessidades do mercado é elevada.
Um aspeto importante é a replicação do campo experimental, tanto em ambiente comercial como em ambiente puramente científico. A realização de experiências científicas com uma série de 53 variedades é enorme, e importante no longo prazo para a diversidade da indústria do vinho português.
O marketing e a questão da «identidade» - que imagem criar no exterior para o setor do Vinho Português - é um fator essencial e precisa ser mantido durante toda a duração do projeto. É de extrema importância começar a trabalhar desde já numa estratégia que mantenha os objetivos para além da duração inicial da Plataforma e do seu financiamento."
 
*  Hans Schultz
    Membro da Comissão Cientifica da Plataforma da Vinha e do Vinho
   President of Hochschule Geisenheim University


Projeto de I&D INNOVINE&WINE – Vineyard and Wine Innovation Platform, n.º da operação NORTE-01-0145-FEDER-000038, cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do NORTE 2020 (Programa Operacional Regional do Norte 2014/2020).