EN

Arquitetura Paisagista

Grau que confere
 
Licenciado
 
Diretor
 
Prof. Doutora Paula Maria Seixas Oliveira Arnaldo
Ext. 2555 - E-mail: parnaldo@utad.pt - Tel. 259 350 555 - Fax 259 350 482

Vice-Diretor
 
Arquiteto Frederico Meireles Rodrigues
Ext. 2832 - E-mail: fmeireles@utad.pt - Tel. 259 350 832 - Fax 259 350 482
 
Vogal
 

 
Contactos
 
Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Departamento de Ciências Florestais e Arquitetura Paisagista
Edifício de Ciências Florestais 
Quinta de Prados
5000-801 VILA REAL
 
Objetivos do curso
 
A Licenciatura em Arquitetura Paisagista é um curso de 1º ciclo (180 ECTS) que se desenvolve em seis semestres letivos e compreende uma formação de base, de teor mais generalista, capaz de oferecer ao aluno um leque vasto de conhecimentos em várias áreas das ciências e das artes. No decorrer do ciclo são lecionadas um conjunto de unidades curriculares no âmbito da teoria e de projeto da arquitetura paisagista, desenvolvidas essencialmente em situação de ateliê de projeto, que se considera ser fundamental para a perceção do funcionamento dos sistemas naturais e desenho da paisagem.
O plano de estudos permite a equivalência a ciclos similares no espaço europeu de ensino superior, facilitando a mobilidade e possibilitando o acesso imediato a outros graus de ensino e em especial, aos ciclos de Mestrado em Arquitetura Paisagista.
Concretamente, pretende-se que o aluno de licenciatura:
- Adquira um leque de conhecimentos na área das ciências e das artes, de modo a poder perceber os sistemas ecológicos e culturais, os aspetos relacionados com a transformação e evolução da paisagem, que lhe permita, ao prosseguir para o 2º ciclo, desenvolver a sua formação avançada ao nível do Planeamento e Ordenamento da Paisagem;
- Adquira, em relação às técnicas e materiais de construção (inertes e biológicos), conhecimentos suficientes para aplicar no projeto, construção e manutenção da paisagem (Aqui particularmente, o Campus da UTAD, que integra o Jardim Botânico, destaca-se, pela sua diversidade e potencialidades, como um recurso único para o apoio ao ensino da Arquitetura Paisagista);
- Desenvolva as capacidades de comunicação e domine as tecnologias de representação;
- Adquira competências fundamentais na área do projeto de arquitetura paisagista e gestão e manutenção dos espaços exteriores.
 
Saídas profissionais
 
Trata-se de um plano de estudos que prepara os novos Licenciados em Arquitetura Paisagista para o trabalho de análises básicas do espaço e da paisagem, para dominar as tecnologias de representação, comunicar através do desenho, conhecer a vegetação, desenvolver projetos de plantação e ainda perceber as questões relacionadas com a sua instalação e manutenção. Prepara ainda para apoiar o trabalho em projetos de espaços exteriores.
Estas competências possibilitarão aos licenciados a integração em equipas de desenvolvimento de projetos em gabinetes de Arquitetura Paisagista, empresas de construção e manutenção de espaços verdes e em autarquias; a criação de empresas na área da construção e manutenção dos espaços exteriores; a preparação e acompanhamento de obras em empresas de construção de espaços verdes e Autarquias.
A formação em Arquitetura Paisagista na UTAD alcançou em 2005 a acreditação pela APAP (Associação Portuguesa de Arquitetos Paisagistas) e pela EFLA (European Foundation for Landscape Architecture). A UTAD é ainda associada do ECLAS (European Council of Landscape Architecture Schools).
 
Perfil do Candidato
 
A formação em Arquitetura Paisagista da UTAD está especialmente indicada para candidatos com vocação e aptidões para a arquitetura e design e forte sensibilidade ecológica, com interesses na área das tecnologias de representação e comunicação e com capacidade criativa para propor soluções inovadoras, no domínio do planeamento e projeto das paisagens urbanas e rurais. 
 
Plano de Estudos
[VER]
 
Condições de acesso
 
Provas de Ingresso para 2014:
Uma das seguintes provas:
02 Biologia e Geologia; 10 Geometria Descritiva; 16 Matemática
 
Preferência Regional:
não aplicável 
 
Pré-requisitos:
não exigidos 
 
Habilitações especiais:
 
 
Reingresso:
 
 
Maiores de 23:
 
 
Transferências:
 
 
Nota mínima
 
Provas de ingresso: 95 (escala de 0-200)
Nota de candidatura: 95 (escala de 0-200)
 
Fórmula de Cálculo da Nota de Acesso
 
Média do Secundário: 65%
Provas de Ingresso: 35%
 
Vagas para 2014 / 2015
 
26
 
Nota do último aluno colocado na 1ª fase
 
2011/2012   115,0
   
2012/2013   107,2
 
2013/2014   107,0
 
 
Mais informações
 
 
 
Esta informação não dispensa a consulta dos documentos oficiais para efeitos de candidatura ao Ensino Superior